Prosperidade na Medida certa de Deus

Houve uma época em que os ingleses iam aos Estados Unidos em busca de fortuna. Nesse tempo, certo jovem inglês decidiu que ele também queria viajar para o Novo Mundo em busca de riqueza. Economizou o suficiente para comprar uma passagem de terceira classe em um navio e partiu para os Estados Unidos. Embora não lhe tivesse sobrado dinheiro para a comida, achava que sua aventura valia o sacrifício. Entrando no navio, desceu para a terceira classe. Na hora das refeições ficava sozinho na escura cabine, imaginando o instante em que havia de chegar a Nova Iorque.

Mas esse instante foi atrasado por duas semanas. Um furacão desviou o curso do navio e foram precisos quinze dias para que voltassem à rota original. No final dessas duas semanas o jovem estava morto de fome. Embora pudesse ver Nova Iorque no horizonte, ele pensava: “Morrer de fome ou de castigo quando descobrirem no refeitório que não tenho dinheiro para pagar a comida, não faz diferença alguma.” De modo que, pela primeira vez, ele foi ao refeitório e pediu uma refeição completa. Devorou a comida como quem tivesse morrendo de fome, pediu mais e comeu até satisfazer-se. Então voltou-se para o garção, dizendo:

– A conta por favor, preciso ver quanto foi.

O garção ficou a olhar para ele.

– Que tipo de conta deseja Senhor?

– Bem – replicou o jovem satisfeito -, quero a conta de toda a comida que acabo de comer.

– Senhor – respondeu o garção – ao comprar a passagem neste navio, comprou também todas as refeições de que precisaria durante a viagem. O Senhor já pagou a conta desde quando adquiriu a passagem. O jovem quase tinha morrido de fome. Contudo, já havia pago a conta de toda a comida que desejasse.

Muitos crentes agem como esse jovem. Recebem a passagem para o céu por meio da fé em Jesus Cristo. Pensam que mal podem chegar à salvação espiritual ao crer em Cristo. Mas nessa passagem há também a promessa de abundância. Cegos por seus próprios preconceitos, levam uma vida de escassez, e a prosperidade parece-lhes algo impossível. Se você deseja tornar-se próspero, primeiro compreenda que Cristo já estabeleceu o fundamento.

Fonte: livro “Soluções para os Problemas da Vida” do Pr. David Yonggi Cho – editora Vida

Anúncios

Sobre Georgeton Leal

"Eu sou diferente igual a todo mundo".
Esse post foi publicado em Pensamentos e Reflexões. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s